Entenda o que é a Industria 4.0

Entenda o que é a Industria 4.0

Home » Empresas » Entenda o que é a Industria 4.0

07.11.2019 | Por:

Entenda o que é a Industria 4.0

Estamos vivendo uma era de crescimento exponencial e a quarta revolução industrial (indústria 4.0) está provocando uma série de transformações no dia a dia das pessoas.

As empresas precisam rapidamente encarar a transformação digital com uma conexão com as novas oportunidades de mercados.

A atualização profissional nesse contexto requer adquirir novas habilidades e competências para poder avançar na era digital.

Esse programa permite que rapidamente o profissional compreenda eixos dessa transformação digital e como sua empresa pode se preparar para acessar os novos mercados e consumidores.

Mas afinal o que é a Industria 4.0?

O termo “Indústria 4.0” ou “Smart Manufacturing” (Fábrica Inteligente) surgiu na Alemanha em 2012 em um contexto muito específico: um projeto para modernizar e aperfeiçoar as indústrias locais, integrando alta tecnologia aos processos de produção industrial.

Por consequência, foram desenvolvidas novas formas de comunicação automática entre os componentes da produção, os meios de monitoramento em tempo real foram aperfeiçoados e a intervenção humana no processo produtivo foi reduzida.

A iniciativa pautou os princípios do que conhecemos hoje como “quarta revolução industrial” ao incorporar os conceitos de operação em tempo real, virtualização, descentralização, modularidade e orientação a serviços ao tradicional setor industrial, através da tecnologia digital, internet e integração da informação.

Essencialmente, essa nova indústria revolucionou o ciclo de vida da produção alterando processos de manufatura, design, operações e sistemas: os mundos digitais e físicos se fundiram.

Em outras palavras, tudo dentro e ao redor de uma planta operacional (fornecedores, distribuidores, unidades fabris, produtos e consumidores) agora são conectados digitalmente, proporcionando uma cadeia de valor altamente integrada.

Essa tendência tem se espalhado pelo mundo ao evidenciar não apenas o crescimento da eficiência produtiva, mas também a redução dos custos de produção, a agilidade nos processos e principalmente o aumento do faturamento do setor.

Alguns países da Europa, EUA e China já possuem em seus planejamentos industriais propostas para a adoção contínua de tecnologias e elementos desta nova indústria. Até 2025, é previsto que esses novos processos reduzirão significativamente os custos de manutenção de equipamentos e o consumo de energia, além de aumentar a eficiência do trabalho em cerca de 10% a 25%.

Voltar